É uma pena que não termos todos os dias maravilhosos e produtivos, as vezes dá vontade de "largar tudo" e sair correndo! Por isso, as pausas para fazermos algo diferente são necessárias.
Pensando nisso, fiz uma lista com 18 coisas para fazer quando eu tiver um dia ruim. Não foram todas ideias minhas, pesquisei algumas na internet e perguntei para amigos também.
O que você faz quando está tendo um dia ruim?


Estou aprendendo a cuidar das minhas plantas. Pelo menos estão demorando mais tempo até morrerem.. Hahahaha Brincadeira. Até estou conseguindo cuidar de algumas. 
E para mais inspirações, estava buscando modelos de vasinhos bonitos para ter em casa. E têm tutorial (só que em inglês) de todas as três inspirações.
01. Para menos garrafas pet descartadas no lixo e mais vasinhos de gatinhos
02. Gostei desse vasinho todo branco e com bolinhas.
03. Já fiquei imaginando esses vasinhos marrons na minha mesa da cozinha. Um charme!


1. Para motivação nos estudos: Foca na Toga.
O Juiz de Direito Substituto do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios, Samer Agi, escreveu um livro motivacional e disponibilizou gratuitamente na internet.
É um livro com 50 textos diários para dar-nos uma motivação nos estudos a cada dia. Os textos são de leitura fácil e rápida, direcionada para quem almeja passar em um concurso público. 
E ainda para baixar a versão pdf pelo dropbox clique aqui. Ou o ePub, clique aqui.

2. Para melhorar os hábitos alimentares: 10 dicas que você precisa saber para transformar sua alimentação.
A nutricionista funcional Carol Borguesi escreveu esse livro para nos mostrar a importância de uma alimentação saudável, dando 10 dicas sobre como transformar a nossa alimentação e propõe desafios para colocar cada dica em prática. E ainda possui algumas receitas.
Carol ainda possui um canal no youtube, com ótimos videos.

3. Para auxiliar seu próprio negócio: 21 dicas para reinventar sua vida profissional.
A master coach, psicóloga e especialista em desenvolvimento pessoal e profissional, Juliana Garcia, escreveu algumas dicas para ajudar na realização de projetos, em que uma delas é "desenvolva novas competências". Para adquirir o e-book é necessário apenas assinar a newsletter do site dela.


Tudo começou quando eu comprei um sapato novo para ir trabalhar, tirei uma foto com ele e postei com o seguinte momento inspiração texto:

Não é preciso mudar de estilo para ser diferente. Basta apenas olhar para frente e se enxergar uma pessoa melhor. Ter atitudes que podem mudar resultados. Hoje estou me sentindo como esse sapato novo!

No outro dia, aproveitando o sapato novo, me arrumei um pouco mais que o costume, e fui trabalhar. E reparei que estava me sentido melhor que o dia anterior. Foi então que eu percebi que não dependia da roupa que eu usava, mas sim de como eu queria me ver naquele momento.
Vou explicar melhor: eu me arrumando mais, não enxergava apenas roupa, base, batom e rímel, mas sim alguém que quer ser diferente, se descobrir e fazer coisas melhores. 
E a partir do momento que comecei a me sentir mais determinada, a gostar mais de me arrumar (sem precisar comprar novas), continuei a dar o meu melhor.
Então, sabe quando falam que a aparência realmente importa, e que você deve se vestir melhor ao ir em uma entrevista de emprego? O que realmente acontece é que ao se arrumar mais do que o costume, você se sente além de mais bonita, mais segura, mais confiante e mais determinada.

É assim que estou me sentindo ultimamente. E quero continuar assim!

Agora, quero saber, o que sua roupa reflete sobre você?



Minha irmã, que faz faculdade de arquitetura, e disse um dia que a melhor luz para se maquiar é a amarela, mas ela não sabia o porquê. Informação incompleta não é nenhuma ajuda... E pensando nisso, fui pesquisar sobre como utilizar a luz correta.
Com isso, descobri que a melhor iluminação não tem a ver com a cor da lâmpada, mas sim com as características dela, que é a capacidade de refletir as cores. Aí parece que tudo complica, mas na verdade é bem simples.
Bom, para isso, é preciso saber que o IRC é o índice de reprodução de cores, e é a sua intensidade que tem a influência na hora de maquiar.
A nossa pele possui pigmentos vermelhos e amarelos, por isso, a iluminação deve ser constituída de lâmpadas com IRC acima de 80. Porque quanto mais próximo for de 100, maior será a reflexão das cores; ou seja, se o IRC for 100, a reflexão das cores é 100%.
As lâmpadas incandescentes (luz quente) são mais indicadas, pois apresentam IRC em torno de 100. As lâmpadas LED apresentam hoje o IRC em torno de 85 a 90. Já as lâmpadas fluorescentes (luz fria) já chegam a 85 ou ainda até 90. A questão é que as lâmpadas fluorescentes de baixa qualidade costumam ter o IRC menor, fazendo com que a emissão da tonalidade azulada, inexistente nos pigmentos da pele, seja aumentada, que é rebatida pelos pigmentos da maquiagem, dando aparência de acinzentado. Por isso, as vezes pode acontecer isso:
Conclusão: Ficar de olho no IRC!

O mais indicado, é utilizar o espelho com lâmpadas incandescentes em volta; mas devemos tomar cuidado, pois esse tipo de lâmpada esquenta bastante. Mas, como nem tudo é possível, colocar duas luminárias de cor difusa (tipo abajur) em cada lado do rosto já melhora bastante.
As lâmpadas fluorescentes tubulares embutidas atrás do espelho de todos os lados também á uma ótima solução. Isso porque a luz indireta não cria sombras e permite a melhor visualização do rosto.
E as paredes brancas ao lado da bancada podem refletir a luz da lâmpada e alterar a cor que percebemos ao maquiar.
Então, a melhor solução é misturar a luz quente, a fria e a natural para um melhor equilíbrio. Como nem sempre é possível, a melhor maneira é ir adaptando até conseguir um resultado que achar melhor, evitando criar sombras no rosto.
P.S.: Eu esqueci de anotar os links das imagens, mas todas foram resultados de pesquisas nas imagens do Google.


Ingredientes:
  • 4 mini morangas
  • 300g de carne de boi picada em cubos pequenos
  • 1 cebola média
  • 1 tomate
  • 1 pimentão verde pequeno
  • 1 dente de alho
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 2 colheres se sopa de requeijão
  • azeite, sal, pimenta, cebolinha e salsinha a gosto

Modo de preparo:
1. Lave as minimorangas e seque-as. Enrole-as em papel alumínio e leve ao fono pré-aquecido a 180° por aproximadamente 30 minutos, ou até ficarem macias.
2. Para o recheio, coloque um pouco de azeite na panela, em fogo alto, e acrescente a cebola, o sal e o alho e refogue até as cebolas ficarem douradas.
3. Em seguida, coloque o tomate e mecha até ficarem bem macios.
4. Coloque o pimentão e mecha por mais alguns minutos.
5. Acrescente a carne e deixe cozinhando por aproximadamente 15 minutos.
6. Em seguida, adicione a pimenta, a cebolinha e a salsinha a gosto.
7. Após tirar as minimorangas do forno, deixe-as esfriar um pouco, retire a tampinha e com uma colher de sopa retire as sementes dentro, com cuidado para não perfurar a casca.
8. Coloque o requeijão dentro das minimorangas e acrescente o recheio.
9. Sirva logo em seguida.

Dica: Sirva com arroz e batata palha.


Estamos com um sofá reformado! E pensando em deixar a sala mais arrumada, estou procurando inspirações de decoração para a minha casa. Nós gostamos de algo mais minimalista, então estou separando algumas fotos que encontro para nos inspirar.
Com isso, separei as minhas 3 preferidas.
01. Decoração escandinava é a cara da nossa casa. Paleta de cores com branco, preto, cinza e bege. O apartamento dessa foto é extremamente lindo. Eu amei esse espelho triangular.
02. Esse vasinho em forma de casinha para a suculenta é muito fofo!
03. E esse centro de mesa terá uma adaptação para a minha mesa lá em casa.


Um abraço pode ter muitas coisas boas.
No abraço do meu marido tem cumplicidade, ternura e afago. No abraço da minha irmã tem carinho, atenção e sinceridade. No abraço da minha mãe tem cuidado, amor e bondade. No abraço do meu pai tem ternura, afeto e zelo. 

Mas nem sempre é assim. Dependendo do dia, o seu abraço pode transmitir aquilo que você está sentindo no momento. Tem abraço que transmite preocupação ou boa intensão. Pode ainda ser ansiedade, medo tristeza, felicidade, entre outras coisas.
Assim como tem abraço que parece beijo...

Então, o que você transmite em seu abraço?