Eu encontrei em um blog uma checklist para limpar a casa. 
Estava em inglês, eu traduzi e mudei algumas coisas para usar nos dias de faxina. Eu uso ela aos sábados e tem sido um grande auxílio para priorizar algumas coisas na hora de arrumar a casa.
Perguntei para a dona do blog se poderia traduzir e ela disse que sim. E em uma distração, perdi o endereço do blog, procurei bastante, e não consigo lembrar qual blog era. 
Se quiser baixar a checklist em pdf clique aqui. E para baixar em preto e branco, clique aqui.




Eu moro em Patos de Minas desde os 5 anos de idade. Na minha cidade você pode ser patense, patureba ou patife.

Quase sempre tem pão de queijo quentinho na casa de alguma avó. É tradição ter a família toda reunida no alpendre em um feriado, logo depois de se empanturrar todo com o almoço.

Aqui em Patos você pode pegar roupas na "condicional", levar para casa, experimentar e se não gostar de nenhuma, pode devolver. Ou ainda pode "assinar notinha" e pagar depois. Mas só acontece nas lojas mais "tradicionais", aquelas que as donas foram colegas de escola da sua mãe.

Aqui, a gente come jabuticaba "orgânica", não porque tá na moda, mas porque sempre tem algum parente que tem uma jabuticabeira em casa. E quando a fartura é grande, tem jabuticaba pra vizinhança toda. Ainda ganhamos limão, laranja, quiabo ou banana que o compadre trouxe da roça.

Em Patos xarope para tosse, é aquele caseiro mesmo, com a receita da amiga da avó. Sempre tem gosto ruim, mas dá certo.

Tem gente que vai morar em outra cidade e quando volta para visitar se acha mais importante, com o nariz empinado até na hora de comprar pão. E ainda diz que "mora fora".

Os amigos se encontram, na maioria das vezes, para fazer churrasco. Por isso, sempre tem uma carninha assando em alguma casa.

No nosso país, dizem que o ano começa depois do carnaval. Aqui, começa mesmo é depois da Festa do Milho; e há quem diga que é a melhor e maior festa da região.

Uma cidade cheia de histórias, cheia de personagens naturalmente folclóricos. Tem apelido que vira nome, tem lugar que vira tradição. E a primeira impressão é o aconchego espontaneamente mineiro.
P.S.: Post especial pelo aniversário de 124 anos de Patos de Minas.



Descobri de onde vem todo o meu esquecimento... É genética! Por quê?
Porque sexta-feira, eu estava na casa da minha avó paterna, conversando com ela, e ela me contou a seguinte situação: Ela foi almoçar no restaurante de sempre, e como sempre, deixou a bolsa em uma mesa e foi se servir. E depois, sentou em outra mesa. A amiga dela chegou e perguntou: "Alaíde, aquela não é a sua bolsa?". Só aí percebeu que havia esquecido que tinha levado bolsa... 
Essa é minha avó.. E... Essa sou eu daqui há 50 anos? 
Outra coisa... Eu achava que ainda estava com 24 anos de idade. Sério mesmo. E ontem eu descobri que na verdade tenho 25 anos. OMG! Bateu deprê. 25 anos desde fevereiro e eu jurando que estava 1 ano mais nova. Como é possível?
Tentei assistir Batman vs. Superman três vezes e em todas eu dormi logo no início. Por que o filme é ruim? Não. Não mesmo. Porque o cansaço é maior.
E quero explicações sobre quem escolheu esse Batman. Ele pode ter cara de tudo, menos de Batman. Não gostei. E por que o Lex Luthor não é careca?
Vou tentar assistir o filme mais uma vez. Se eu dormir novamente, vou desistir!
Essa semana eu preciso descobrir uma maneira de deixar meu cabelo com a raiz menos oleosa. Não quero mais lavar o cabelo todo dia. Se alguém tiver uma dica, desde já eu agradeço!




A minha irmã, o talento da família, estava fazendo uns sketchbooks super lindos para presentear os amigos. Ela foi tendo algumas encomendas, e resolveu criar uma lojinha.

Ela já tem alguns sketchbooks prontos, mas também faz personalizado.
Meus quatro preferidos:
Para saber mais: instagram | facebook | lojabooklet@gmail.com


Tiramos os raques (sim, dois raques) da sala, e colocamos prateleiras. Muito mais bonito e mais fácil de limpar. E ficou melhor do que eu imaginei que ficaria. Agora preciso arrumar umas plantinhas para dar um colorido na sala. 
Sumi minha chave pela segunda vez em um ano. Cheguei a conclusão que quando eu estou com chaveiros bonitinhos, ela some. Por que, por que, por quê??
A tocha olímpica passou pela minha cidade, e o prefeito gastou 500 mil dilmas para isso. Não fui prestigiar o evento, todo esse dinheiro gasto, enquanto está faltando medicamentos nos hospitais.
O meu restaurante preferido não é mais meu restaurante preferido. Foi o primeiro lugar que experimentei sushi na vida. E havia mais de um ano que não íamos jantar lá. Fomos ontem e fiquei decepcionada. Rolinho primavera bom, mas o sushi estava pequeno de mais e caro de mais.
Minha cachorra ganhou seis filhotinhos, eles fizeram 30 dias ontem e estão mais imperativos que o necessário. Mas a fofura supera tudo!
Um dos cachorrinhos engasgou no sábado e quase me matou do coração. Tivemos que levá-lo no veterinário e ele passa bem, graças a Deus!
E por fim, não assisti GOT. Não posso abrir o facebook hoje por razões de spoilers.