1 de julho de 2022

Três últimos livros que eu li

Sherlock Holmes - Um Estudo em Vermelho

Autor: Arthur Conan Doyle

Gênero: Romance policial / suspense e mistério

Paginas: 121

O primeiro livro de muitas histórias do mais famoso detetive da literatura policial, Sherlock Holmes, e de seu fiel amigo Dr. Watson. A narração é feita através dos olhos do Dr. Watson, que nos apresenta o excêntrico detetive e o acompanha a uma investigação de assassinato. Através do corpo encontrado, muitas pistas e evidências são relatadas ao longo do livro, o que nos faz ficar intrigados com tal crime.

Sherlock Holmes é definido como "um pouco esquisito em suas ideais - um entusiasta em alguns ramos da ciência", mas se mostra extremamente inteligente em suas investigações.

A leitura não me prendeu como eu esperava e a transição entre a primeira e a segunda parte me deixou confusa, mas a ligação entre elas é explicada quase no final do livro. E mesmo não gostando tanto da leitura, fiquei com vontade de ler mais sobre Sherlock Holmes.

"É um erro capital teorizar antes de ter todas as provas. Isso distorce o julgamento." Sherlock Holmes


A Escolha (#3 A Seleção)

Autora: Kiara Cass

Gênero: Ficção/Romance

Paginas: 352

Agora restam apenas quatro garotas, e uma delas vai ser a escolhida para se tornar princesa de Iléa. América já fez a sua escolha (entre Aspen e Maxon), mas Maxon precisa ter certeza dos sentimentos dela antes de tomar sua decisão. O terceiro livro da coleção possui mais ação, conflitos e reconciliação. Além disso, conseguimos ver a evolução e amadurecimento de muitos personagens. 

Pra quem ficou com raiva das atitudes da América no livro anterior, vai ser reconquistado por ela nessa leitura, porque vamos perceber ainda mais sua personalidade forte e seu coração bondoso. Kiera Cass, como sempre, deixa a leitura muito boa, transportando nossos sentimentos para dentro do livro, que pe cheio de detalhes e se torna uma mistura de emoções (do riso ao choro). Muito difícil parar antes de chegar ao final, eu li o livro em dois dias.

"Pode partir meu coração mil vezes se desejar, sempre foi seu para fazer o que quiser. Amarei você até meu último suspiro. Cada batida do meu coração é sua. Não quero morrer sem que você saiba disso."  Maxon Schreave


Um Ano Solitário

Autora: Alice Oseman

Gênero: Ficção/Romance/ Novela

Paginas: 384

Alice Oseman retrata a adolescência através da visão de Tori Spring, relatando as inseguranças, os desânimos, amizades e distúrbios alimentares. Tori está no penúltimo ano do ensino médio e tem uma lista grande de coisas que não gosta, como a escola, amigos, seus pais e livros. 

Quando uma trilha de post-its a leva a descobrir um site chamado "Solitaire", em referência ao jogo de cartas "Paciência", muitas coisas mudam em sua vida. É também nesse dia que ela conhece Michael Holden, um aluno novo, que depois fica determinado a se tornar seu amigo. 

Quando as brincadeiras do Solitaire passam a ficar mais sérias, Tori vai descobrir que precisa mais dos amigos e familiares do que gostaria de admitir.

Desde o início já gostei da Tori, senti afinidade por ela algumas vezes, embora alguns sentimentos tenham mudando ao longo do livro. Eu achei incrível o fato da autora abordar alguns assuntos que são relevantes além da história contada. Gostei muito da escrita da Alice e o livro pode ser lido em poucos dias.

"Quando você assiste a um filme, é meio alguém de fora olhando para dentro. Com um livro... você está bem ali dentro. É o personagem principal." Michael Holden 

"Meu nome é Victória Spring. Acho que você precisa saber que invento uma porção de coisas e depois me lamento. Gosto de dormir e de blogar. Um dia, vou morrer."

21 de junho de 2022

Testei: Sym Linha Premium

Recebi três produtos da nova linha da Sym, em parceria com a Sampleo Brasil, para testar e dar minha opinião.

São três opções de absorventes:

. Sym Premium Good Nighlt

. Sym Premium Cobertura Suave

. Sym Premium Cobertura Seca

E todos possuem muitas qualidades:

. Absorção 3D gel: com relevos acolchoados e presença de gel para segurança total contra vazamentos;

. Sistema body fit: desenhado de acordo com o corpo feminino para uma absorção mais rápida, distribuindo o fluxo e impedindo vazamentos;

. Segurança total: tecnologia japonesa que distribui e absorve rapidamente o fluxo;

. 6x mais conforto: design ultra respirável, com sensação confortável e segura.

Já sabe qual meu preferido ne?


Minha opinião: Eu achei os três produtos muito confortáveis durante o uso, não vi muita diferença visualmente na textura do produto, mas ele claramente evita vazamentos. Com isso, eu considero as três opções ideais pro os dias em que estou menstruada, e a cobertura suave é com certeza a minha opção preferida. 

Gostaram da novidade?

6 de junho de 2022

Aleatórios de maio

Em abril eu comecei a autoescola pra tirar carteira de moto, e foi uma das coisas mais difíceis que aprendi. Mas graças a Deus consegui ser aprovada na primeira tentativa e agora é só paticar!

No meio do mês de maio a chuva apareceu pra trazer o frio e a temperatura chegando perto de 0ºC nem deu tempo de lavar as jaquetas pra tirar o cheiro de guardado. Mas a parte boa é que eu vou poder usar todas as blusas que comprei em Monte Verde e, até então, tinha usado apenas lá.

☆☆☆

Essa semana eu sonhei que meu marido havia me largado, tinha cansado de mim, queria o divórcio,  e MEU DEUS que sensação horrível. Fiquei o dia todo triste.

☆☆☆

Desabafo: Eu tinha em minha mente que assim que parasse de tomar anticoncepcional ia engravidar logo, tipo um mês depois. Só que já faz mais de um ano e nada ainda. Já fui no ginecologista e tá tudo certo comigo, porém, não estamos com pressa, eu aceito tranquilamente que Deus tem tempo pra tudo e se Ele quiser me dar filhos vai me dar.

Mas parece que as pessoas ficam incomodadas por não estarmos ansiosos. Meus pais querem muito ter netos, falam isso as vezes, mas sem pressão, e eu acho isso ótimo, porque é claro que eles querem muito, mas respeitam meu tempo. 

Eu tenho uma cunhada que mora em outra cidade e toda vez que me vê ela fala sobre o fato de ser mãe, que me vê sendo mãe de menina, que me vê com barriga de grávida e essas coisas... E essa semana ela me enviou um vídeo no instagram em que uma mulher fazia testes de gravidez e todos davam negativo, até que depois de uns vinte, ela teve o seu positivo.

E só pensei: Pra que ela tá me mandando isso? Quem que faz tanto teste de gravidez? Não é possível que a menstruação atrase tantas vezes assim. E se eu tivesse algum problema para engravidar, ficar ouvindo sobre isso pode me machucar. Não é o meu caso, mas poderia ser.

Então, não vamos ser esse tipo de pessoa que fica cobrando filhos para o casal. 

☆☆☆


Mudando esse clima de reclamação, uma foto da Ted (o branquinho) e da Miley (a caramelo) após banho no petshop. Acredita que foi a primeira vez que o Ted tomou banho fora de casa? Eu fiquei com muito receio, pois ele não gosta que pega na bunda e no rabo dele, mas foi tão tranquilo que fiquei muito orgulhosa!
Agora, definitivamente, eu sou a pessoa menos cheirosa da casa!

☆☆☆

Comemorando: Dia 24, minha cidade completou 130 anos e minha mãe 60 anos. Fizemos um café da manhã especial pra ela, fomos assistir o desfile cívico, com as apresentações das escolas da cidade, depois fomos comer churrasco, tomamos sorvete e comemos sanduiche. Um feriado municipal muito agitado e bom.

Lendo: Começando o primeiro livro sobre Sherlock Holmes, até então estou gostando muito.

Assistindo: Preparados para chorar muito na última temporada de This is us? Porque eu não estou! Assisti apenas o primeiro episódio de Stranger Things e a série era de terror antes? Achei meio macabro. E amo todos os personagens! Preciso assistir a segunda temporada de Doces Magnólias, mas a falta de tempo livre não tá deixando!

Planejando: Você já foi pra Natal? Quero dicas de lugares legais pra conhecer e coisas pra fazer lá. Estamos planejando ir em Agosto.  

Bom, junho já começou e espero ser convidada para festas juninas porque tô querendo uns quentão, canjica, amendoim doce e tudo mais!

26 de maio de 2022

Três últimos livros que eu li

Tô achando que só falo sobre livros nesse blog. Preciso melhorar e diversificar os assuntos por aqui. Mas, por enquanto, vou falar rapidinho sobre três ficções: uma sobre monarquia, outra sobre uma banda de rock e outra sobre viagens.


A Elite (#2 - A Seleção)

Autora: Kiera Cass

Gênero: Ficção/Romance

Páginas: 360

Agora restam apenas seis candidatas a ganharem o coração do príncipe, das 35 candidatas, apenas uma irá se tornar oficialmente princesa de Iléa. América começa a gostar cada vez mais do Maxon, até que alguns acontecimentos deixam várias dúvidas sobre o que ela realmente deveria fazer, e ela se vê perdida, sem conseguir se decidir. 

Ela fica com o coração dividido ainda mais com a presença do seu ex namorado  Aspen, que agora é um dos guardas do palácio. 

Esse livro tem uma escrita tão boa, teve momentos de apreensão, emoção, suspense e até momentos que deu vontade de chorar. Se prepare, é uma leitura que você só consegue largar depois do final do livro.


Daisy Jones & The Six

Autora: Taylor Jekins Reid

Gênero: Ficção

Páginas: 244

Uma história sobre a trajetória de uma banda de rock dos anos 70, mostrando a inspiração por trás de cada música, os desejos de cada integrante, drogas, relacionamentos e conflitos. A narrativa é bem diferente, feita em forma de entrevista. E vamos tendo contato com cada um dos personagens na medida em que eles entram na história da banda. No início e achei um pouco chato, mas depois fui acostumando.

A autora nos faz pensar que a banda existiu de verdade, assim como no livro da Evelyn Hugo, com a escrita muito realista. Gostei bastante dos capítulos serem de acordo com a criação dos álbuns, demorei para prosseguir a leitura no início, porém fui me envolvendo com a história e terminei o livro bem rápido. Estou ansiosa para assistir a série no Prime.


Te Apresento Meu Amigo

Autor: Will Monteath

Gênero: Ficção

Páginas: 339

Fiquei conhecendo o título do livro através de uma mensagem de divulgação do autor no skoob; deixei o livro na lista de "quero ler" e tinha até esquecido dele, até que o e-book fica gratuito na Amazon. Eu comecei a ler sem saber muito sobre a história e sem muitas expectativas, porém o livro me surpreendeu de uma forma muito positiva.

O livro conta a história de Falco Fouché, um jovem que mora em Bruges, na Bélgica, e trabalha na confeitaria da família. Até que uma senhora mal educada esquece um embrulho com um vinho branco na loja e, sem planejar, ele acaba sendo ingrediente de trufas que sua mãe fez. Então, Falco resolve viajar pela Europa a procura de mais garrafas do vinho Palió Koló. Com isso, cada momento da viagem é uma grande aventura, que ele compartilha ao lado de três companheiros improváveis: Gaspard, um anão francês, Charlotte, uma poetisa inglesa, e seu cãozinho Shake.

As aventuras são muito boas de acompanhar, muito divertidas e envolventes. A escrita é muito boa e gostei bastante das descrições dos países. Só o final que me decepcionou um pouco, mas mesmo assim recomendo a leitura!

Me siga no skoob!

5 de maio de 2022

As Cinco Linguagens do Amor

As Cinco Linguagens do Amor é um livro escrito por Gary Chapman em 2013 e desde então tem sido referência em muitas conversas sobre o amor. Ele percebeu que cada pessoa adota uma linguagem pela qual escolheu, mesmo que inconscientemente, dar e receber amor.

A princípio você pode até não se interessar por esse assunto, mas garanto que faz total sentido quando tentamos entender melhor nossos relacionamentos e quando queremos fazer com que se torne cada vez melhor.

Algumas vezes pode passar em nossa mente que nosso namorado(a) / marido(esposa) / filho(a) / amigo(a) não nos ama porque não demonstra esse amor da maneira que esperamos. E Chapman nos mostra nesse livro que existem cinco linguagens do amor, que são maneiras variadas que nós entendemos e demonstramos o amor.

Normalmente apresentamos a linguagem do amor que gostaríamos de receber, mas nem sempre nosso companheiro possui a mesma linguagem. 

 

Que tal descobrir qual a sua linguagem do amor?

1. Palavras de afirmação: quando um elogio recebido de maneira sincera, sem esperar nada em troca, nos dá o entendimento de quanto a pessoa se importa com nossas ações. Através desses elogios nos sentimos amados e valorizados.

2. Tempo de qualidade: quando passar um tempo juntos vale mais que qualquer outra demostração de amor. E esse tempo não significa apenas estar perto e cada um fazendo uma atividade, como usar o celular ou assistir tv, mas sim conversar, sair para jantar, ir em um teatro e fazer alguma atividade dedicando a atenção exclusiva a esse momento.

3. Receber presentes: quando a pessoa se sente amada quando recebe presentes. E essa linguagem do amor é aplicada a qualquer coisa que se recebe, um simples bilhete ou um presente caro.

4. Atos de serviço: são formas de servir outra pessoa e que podem ser as mais variadas possíveis, como preparar uma boa refeição, lavar a louça, levar o lixo pra fora, pintar um cômodo da casa, cortar a grama, etc.

5. Toque físico: quando a pessoa se sente amanda com um beijo, abraço, ao receber uma massagem, cafuné, andar de mãos dadas, ou ainda ao sentar juntinhos para assistir um filme. As palavras talvez não tenham muita importância, mas o toque físico comunicará que você se preocupa com a pessoa.

Durante a explicação de cada linguagem, temos exemplos diversos e maneiras de aperfeiçoarmos cada linguagem baseada na linguagem do amor da pessoa que amamos.

Após explicar cada linguagem do amor, Chapman relata como podem ser percebidas nos filhos e aplicadas para que eles se sintam amados pelos pais.

Se mesmo com esse resumo você não descobriu qual a sua linguagem do amor, recomendo a leitura do livro, porém tem alguns testes online para ajudar: esse aqui e esse aqui.

A minha linguagem do amor é tempo de qualidade com um pouco de receber presentes, a do meu marido é tempo de qualidade com um pouco de atos de serviço. E acho tão bom que temos basicamente a mesma linguagem do amor, e assim a gente gosta de passar o tempo juntos assistindo um filme, saindo pra passear de moto ou conhecendo algum barzinho novo. 

Qual a sua linguagem do amor?