23 de novembro de 2020

Três últimos livros que li


 Um amor incômodo

Autora: Elena Ferrante

Gênero: Ficção

Páginas: 176

A relação mãe-filha é o assunto principal do livro. Delia volta a sua cidade natal, Nápoles na Itália, após a trágica morte de sua mãe, que estava em uma praia vestindo apenas sutiã; Algo raro de se pensar, pois Delia descreve sua mãe como uma mulher simples e submissa. Após o velório, Delia encontra homens que fizeram parte de sua infância e da vida de sua mãe. 

A narrativa em primeira pessoa mistura realidade, lembranças e imaginação criadas na mente de Dalia, que em algumas partes são um pouco confusas e se misturam com a realidade. Ao olhar a si mesma, muitas vezes ela se via no corpo e nos gestos da mãe. 

Li muitas resenhas positivas sobre o livro, mas não gostei, achei confuso e chato. Se já leu esse livro, me conta o que achou!


O homem mais inteligente da história

Autor: Augusto Cury

Gênero: Ficção 

Páginas: 272

Augusto Cury escreve sobre um psiquiatra e pesquisador da gestão da emoção, chamado Marco Polo, que é desafiado a estudar a mente de Jesus, descartando o lado religioso e focando na ciência. Depois de meuito relutar, por ser ateu, resolveu estudar focando na motivação de seus atos.

Ele, juntamente com dois teólogos, sendo um protestante e outro católico, um neurocirurgião ateu, e sua assistente como mediadora, participam de uma mesa-redonda para desvendar os motivos ocultos de Jesus por trás de cada atitude e palavra dita por Ele e pela descrição do médico Lucas.

Eu gostei de várias reflexões sobre as atitudes de Jesus, mas achei as descrições e participações dos personagens bem vagas. Porém as análises feitas na mesa-redonda foram muito interessantes e me fizeram pensar mais a respeito da humildade de Jesus e do amor que ele tem por nós.


Azeitona

Autor: Bruno Miranda

Gênero: Romance / Literatura Nacional

Páginas: 352

Ian é um adolescente de 16 anos que perdeu os pais logo cedo e que foi criado pela sua irmã mais velha, que está grávida. Um dia em que ele estava no na sala de espera do consultório médico e é abordado por uma produtora de um reality show de pais adolescentes, antes de rejeitar a proposta, ele vê o cachê e resolve participar do programa, mesmo não tendo ao menos uma namorada. Ian pensou nessa oportunidade como uma forma de agradecer a irmã por tudo que ela abdicou para poder criá-lo.

Mas para dar continuidade a isso ele pensou na primeira pessoa que veio a sua mente, Emília, uma colega de sala em que ele mal tinha trocado duas palavras. Após falar com ela, mesmo achando um absurdo tudo isso, ela resolve participar com ele também por causa do cachê.

Os dois embarcam nessa mentira e tentam adiar ao máximo contar todo o plano para as suas famílias, e claro, passando por muitas coisas dando errado. 

A leitura é leve e divertida. Me surpreendi positivamente, pois achei que não seria tão bom, mas a história é diferente e envolvente.

2 de novembro de 2020

Restauramos um sofá

Fiquei sabendo que na casa da minha avó tinha um sofá que era do meu tio-avô e estava "largado", tomando sol e chuva. Perguntei pra ela se podia ficar com ele, ela disse "sim". Falei com o Helio (meu marido), pegamos ele no outro dia e resolvemos restaurá-lo.
Primeiro, nós tiramos o encosto e lixamos. Achamos que ficou tão bonito sem e resolvemos deixar desse jeito mesmo.
Depois compramos a tinta, queria algo parecido com o azul tiffany e, então, o Helio pintou.
Aí levamos em um local que faz móveis planejados e pedimos para estofarem. Eles tinham um resto de tecido que eu amei e foi a conta exata para o sofá. Esse foi o resultado final: 
A princípio, ele ia ficar apenas na nossa área da churrasqueira, gostamos tanto do que decidimos deixá-lo na sala. Por enquanto, nem vamos mais comprar as poltronas que estávamos querendo.

1 de outubro de 2020

30 antes dos 30 - Aprendi a fazer Macramê

Revisando minha lista 30 antes dos 30, percebi que alguns itens não seriam possíveis serem concluídos antes do dia 20 de fevereiro por razão da pandemia, então tive que dar uma modificada.
O item "conhecer um novo estado" foi substituído por "aprender uma nova habilidade".

Bom, não sei se aconteceu com vocês, mas por ficar o tempo todo em casa bateu aquela vontade de mudar alguns ambientes, por isso, compramos algumas plantas pra dar mais cor na sala e na nossa área externa.
E o tempo "livre" em casa, ajuda naquela vontade de ser criativa e a "inventar moda". Como o youtube está cheio de videos legais, aprendi o macramê.. A princípio, fiz alguns pequenos para os vasinhos na estante da sala.
Esses suportes de plantas aprendi com esse vídeo.
O legal foi que reaproveitamos vários objetos aqui em casa e viraram vasinhos, como as xícaras brancas com florzinhas que minha tia-avó me deu de casamento (há 6 anos) e nunca usamos, dois potinhos de vidro que estavam guardados, e um potinho de barro que ganhamos de uma amiga.
Também fiz alguns para pendurar no pergolado.
Fiz também um forrinho de mesa, que está enfeitando o meu cantinho do café. Aprendi com esse vídeo.
E ainda aprendi a aproveitar as sobras dos macramés fazendo enfeites. Aprendi com esse vídeo
Eu sou uma pessoa super sem habilidades manuais, e aprender macramé tem sido muito bom, as vezes nem acredito que eu fiz tudo isso. Espero comprar mais linhas pra fazer mais coisas.

17 de setembro de 2020

Três biografias de mulheres incríveis


Aprendizados - Gisele Bündchen
Páginas: 238
Gisele nos mostra o outro lado da sua vida, fora da modelo que vemos nas revistas e desfiles. Ela trás os diversos aprendizados que ela teve ao longo de sua trajetória, fala sobre natureza, estilo de vida e a ligação que ela tem com a família. Ela conta sobre o que aprendeu em cada fase de sua vida e as lições que ela teve ao enfrentar desafios. É uma leitura simples, leve  e gostosa. A admiração que eu tinha por ela só aumentou após ler o livro. 

Minha História -Michelle Obama
Páginas: 464
Michelle conta sua história e as experiências que a moldaram desde a infância em South Side, em Chicago, até os dias atuais, depois de se tornar a primeira primeira-dama negra dos Estados Unidos. Ela nos conta de maneira muito sincera como o incentivo de sua  família formou o seu caráter e influenciou suas decisões, e a maneira que os pais investiam no seu aprendizado. Ela relata suas memórias na infância, a determinação na escola, suas conquistas na universidade e a dedicação nos empregos que teve. 
Como primeira-dama ela conseguiu mudar a forma como as famílias levam suas vidas em busca de um modelo mais saudável e ativo, e ainda conseguiu fazer com que suas filhas tivessem uma vida o mais normal possível mesmo com as regalias de morarem na Casa Branca. Sua sinceridade me cativou do início ao fim, a dedicação que ela tem em tudo o que faz também foi um grande aprendizado.  

Uma Esperança Mais Forte que o Mar: A Jornada de Doaa Al Zamel
Autora: Melissa Fleming
Páginas: 272
Melissa Fleming conta a história de Doaa Al Zamel, uma refugiada síria que deixa seu país, juntamente com sua família, em busca de uma vida melhor, no Egito, longe dos perigos da guerra, das destruições, dos tiroteios e da fome. Mas quando pensa que o pesadelo chegou ao fim é quando ele começa.. 
Um tempo depois de se instalarem no Egito, ela decide atravessar o Mediterrâneo, rumo à Europa, para escapar das humilhações e perseguições. Não há palavras suficientes para descrever esse livro. Ele é triste, emocionante e intenso. É triste por ver como há pessoas horríveis nesse mundo e como os refugiados sofrem com tanta rejeição e maldade; emocionante com a história de Doaa Al Zamel, uma verdadeira heroína, determinada pela esperança; e intenso com um livro tão bem escrito que me fez mergulhar na história.
E mergulhei de cabeça, o que me fez ficar literalmente em prantos em muitas partes do livro, chorei de tristeza mesmo. É realmente um dos melhores livros que já li.

Me adiciona no skoob!

1 de setembro de 2020

Coisas legais para fazer em casa

Quase cinco meses de quarentena, tendo que trabalhar em casa na maior parte dos dias, comendo mais do que deveria, procrastinando mais do que gostaria e tendo uma rotina meio maluca. Esses estão sendo meus dias..

E com isso, estou precisando fazer coisas diferentes, pois a preguiça está tomando conta de mim e as vezes é difícil começar o dia bem. Por isso, fiz uma lista de coisas legais para fazer em casa para quebrar a rotina. Espero que seja útil pra você também. 

Prepare um chocolate quente bem cremoso: 5 receitas de chocolate quente.

Visite um museu online: No Google Arts & Culture você consegue visitar diversos museus e exposições onlines, como Museu Nacional de Belas Artes - RJ, Inhotim - MG, The Museum of Modern Art - Nova York, Van Gogh Museum - Amsterdam, Musée d'Orsay - Paris, MASP - SP, entre outros.

Ainda pode visitar o British Museum.

Conheça locais incríveis pela internet: Grande Muralha da China, Acropolis, Machu Picchu, Taj Mahal e Petra - a cidade de pedra

Monte um mural de inspirações: confira meu Pinterest.

Comece um curso online: Muitos conteúdos para estudos, Sites com cursos online e gratuitos #1, Sites com cursos online e gratuitos #2.

Jogue algum jogo online com seus amigos: Um jogo criativo e divertido com apresentações de power point, que vi no canal Femingos.